Buscar
  • GV Consultoria

Balança Analítica e Semi-analítica: Diferenças e Cuidados

Neste artigo Balança Analítica e Semi-analítica: Diferenças e Cuidados, iremos abordar sobre balança falando sobre os tipos, as diferenças das balanças de laboratório, manuseio, limpeza e cuidados que devem haver com elas!

A balança é um item que está presente em diversos setores, desde em residências, comércio, laboratórios científicos, indústrias entre outros. Tem como finalidade a medição de massa de um corpo. A balança surgiu há muitos anos e foi evoluindo com o decorrer tempo e necessidade sendo extremamente útil nos dias de hoje!

Para facilitar a leitura, iremos dividir em tópicos:

  1. Evolução da balança

  2. Quais os tipos de balanças no mercado?

  3. Balança analítica e balança semi-analítica, qual a diferença?

  4. Cuidados com a balança

  5. Utilização e limpeza da balança

1.Evolução da balança

A balança está presente desde 5000 a.C., inventada pelos Egípcios onde foram encontradas representadas em inúmeros murais e papiros. Mais tarde surgiu a “balança romana”. A balança passou por diversas evoluções até chegar as balanças atuais, às complexas micro balanças (AFONSO, 2004). Na figura 1 podemos ver a evolução da balança no decorrer dos anos.


2.Quais os tipos de balança no mercado?

Há diversos tipos de balanças, entre elas temos: balança de varejo e atacado; balanças industriais; balanças para saúde; educação e fitness; balanças para clínicas veterinárias; balança industrial; balança rodoviária e balança de laboratório (Wikipédia).

As balanças de laboratório usadas são as balanças de semi-analítica (> = 0,001 g), balanças analíticas (0,0001 g), balanças semi-micro, micro balanças e balanças ultra micro.

As balanças semi-analíticas e analíticas são as balanças constantemente utilizadas em laboratórios sejam acadêmicos a indústrias. A propósito, você já viu um laboratório que não tenha balança? Difícil né! Nesse aspecto, podemos afirmar que “toda a operação de precisão” começa e termina na balança!

3.Balança analítica e balança semi-analítica, qual a diferença?

A balança analítica de hoje cobre faixas de leitura da ordem de 0,1 μg a 0,1 mg, algumas já estão bastante aperfeiçoadas que até dispensam o uso de salas especiais para a pesagem (ANDRADE e CUSTODIO, 2000) mas precisam estar em ambiente adequado com temperatura e umidade relativa controlada e total inexistência de vibrações e correntes de ar .


As balanças analíticas são utilizadas para ensaios que requerem uma pesagem mais precisa, estas balanças possuem capelas de proteção de ventos para evitar que haja interferência durante a pesagem. São ideais para uso em laboratórios de farmácia de manipulação e indústria farmacêutica, análises clinicas e institutos de pesquisas.

As balanças semi-analíticas apresentam uma precisão igual ou inferior a 1 miligrama e se destina à análise de determinada Balança analitica atx 224

grandeza sob certas condições ambientais. Algumas possuem e outras não apresentam capela de proteção de ventos. Não exigem tanta destreza no manuseio e condição de instalação especifica como a balança analítica.






Portanto, o que determina a diferença entre estes dois equipamentos de laboratório é justamente o grau de precisão. Sendo:

  • Balança Analítica: precisão de 0,0001g (4 casas decimais)

  • Balança Semi-Analítica: precisão até 0,001g (até 3 casas decimais)

4. Cuidados com a balança

Para um bom funcionamento, a balanças devem ficar em um local adequado e nivelada.

  • Selecionando o local:

Selecione um local estável e livre de vibrações e o mais horizontal possível. A superfície deverá suportar com segurança o peso da balança totalmente carregada, evitando então vibrações; variações de temperatura excessivas (a temperatura ideal para o funcionamento da balança é 20 ± 2 °C); evitar a luz do sol direta e correntes de ar fortes como de ventiladores ou ar condicionado.



Nota 1: Sempre que for utilizar a balança, a mesma deve ser ligada a fonte de alimentação por 30 min a 1h para se estabilizar no ambiente antes do uso, seria o chamado “tempo de aquecimento” ou “warm-up”, assim haverá um melhor funcionamento e apresentará melhores resultados e maior confiabilidade nas medidas!

Nota 2: A balança não deve ser retirada ou trocada de lugar. Quando uma balança é trocada de lugar sua calibração não tem mais valor e pode pesar mostrando valores errados.

  • Nivelando a balança:

Todas as balanças possuem um indicador de nível e dois ou quatro pés ajustáveis para compensar ligeiras irregularidades na superfície da bancada de pesagem, e este indicador é uma bolha que deverá estar no meio do vidro de nível.


Nota 1: a balança deve ser tarada, isto é, zerada, quando nenhum item é colocado no prato após a mesma está nivelada. Atualmente as balanças apresentam botões para zerar e/ou tarar.

5. Utilização e limpeza da balança

Para a utilização na pesagem, o ideal é manter o peso no prato sempre centrado; usar luvas para segurar objetos, evitando a transferência de umidade ou gordura da pele; manter a balança permanentemente limpa, de forma a evitar o acúmulo de poeiras e a possibilidade de corrosões utilizando um pincel ou aspirador de mão para limpar.

Contudo, para realizar a limpeza, deve-se desligar a balança da fonte de alimentação usar um pano úmido com água e detergente, mas não utilizar produtos de limpeza agressivos como solventes, evitar que o líquido da limpeza escorra para o interior do aparelho, e secar em seguida.

Por fim, ainda ficou com dúvidas quanto ao assunto, o equipamento ou sobre as especificações? Entre em contato conosco e fale com um de nossos especialistas!

0 visualização0 comentário